+

Isabel dos Santos quer utilizar Forbes para divulgar economia da lusofonia