“Tortura de Amor” e a criança moçambicana

Frágil e tímida, Vaida Raposo, 15 anos, aproveitou as restrições impostas pela covid-19 para quebrar uma tradição familiar e se desfazer de um casamento prematuro arranjado pelos tios em Mondoguara, uma aldeia pobre do interior de Manica, centro de Moçambique.