O Primeiro-Ministro português inaugurou a 5 de fevereiro, em Berlim, um Espaço Cultural do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

O Centro Cultural, instalado na Embaixada de Portugal em Berlim, apresenta-se como “um polo agregador da ação cultural na Alemanha, tornando a programação mais coerente e consistente” e terá ainda como missão contribuir para o reforço da participação portuguesa “nas redes locais e programação de instituições alemãs”, como informa uma nota divulçgada pelo Camões, I.P..
Para além de António Costa, marcou presença na inauguração, o administrador e diretor geral da Fundação EDP. Miguel Coutinho assinou um memorando de entendimento com a Embaixada de Portugal, que pretende contribuir para a visibilidade internacional da criação artística portuguesa. A primeira ação conjunta da Embaixada e da Fundação EDP será a abertura de uma exposição, no contexto do Gallery Weekend em Berlim, informa o Camões, I.P.

Espaço vai valorizar quatro sectores da Cultura

Nos 60 metros quadrados do Centro Cultural está neste momento patente uma exposição de fotografia dos oito filmes selecionados para o programa da 66ª edição do Berlinale, o Festival Internacional de Cinema de Berlim.
Mas o plano de atividades daquele espaço para a área da cultura, estará centrado em quatro eixos estratégicos: Cinema, Literatura, Artes Plásticas e Artes Performativas. As iniciativas serão realizadas sempre “numa articulação permanente e em parcerias com vários organismos do Ministério da Cultura, entidades públicas e privadas”, informa o Camões, I.P..
“O Acordo Cultural entre Portugal e a República Federal da Alemanha foi assinado, em Lisboa, há 50 anos, e é também neste contexto que se pretende sublinhar a relevância de intensificar o trabalho bilateral nesta área e destacar a cultura como área de trabalho a privilegiar com a Alemanha”, destaca ainda a nota.
O Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, I.P.) é um instituto público tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) que tem por missão propor e executar a política de cooperação portuguesa e a política de ensino e divulgação da língua e cultura portuguesas no estrangeiro.

Ana Grácio Pinto

 

PUBLICAÇÃO > MUNDO PORTUGUÊS
Recomendar0 RecomendaçõesCategorias: LUSOFONIA, LUSOFONIA | Cultura, OUTRAS REGIÕES, PORTUGAL, PT | Cultura

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - EMPREGO - DIRETÓRIO DE EMPRESAS - IMOBILIÁRIO - FÓRUM

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando
Translate »
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Criar Conta