A edição de 2016 do Fórum e Exposição Internacional de Cooperação Ambiental de Macau traz ao território 400 organizações de 19 países e regiões. Mais de 50 participantes chegam dos países de língua portuguesa. Numa edição que mantém o mesmo orçamento dos últimos anos, garantida está já a assinatura de 25 protocolos.

A 9ª edição do Fórum e Exposição Internacional de Cooperação Ambiental de Macau (MIECF, na sigla inglesa) conta este ano com mais de 50 participantes oriundos dos países de língua portuguesa. Até ao momento, estão contabilizadas 32 participações de Portugal. Os números traduzem um acréscimo face às edições anteriores, garantiu ontem Irene Lau, directora executiva do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM). O evento dispõe este ano de um orçamento de 25 milhões de patacas, à semelhança das últimas edições. Assegurada está a assinatura de 25 protocolos, dez deles envolvendo entidades da área do Delta do Rio das Pérolas.

Subordinado ao tema “Economia Verde – Oportunidades para a Gestão de Resíduos”, o MIECF 2016 traz a Macau, entre 31 de Março e 2 de Abril, 400 organizações de 19 países e regiões e 45 oradores. Na apresentação de ontem, Irene Lau mencionou os protocolos já assegurados, um número ainda não encerrado: “Iremos organizar oportunidades para bolsas de intercâmbio, cerca de 300 sessões. Isto implica 25 protocolos. Este é o número até ao momento, mas poderá ser mais”, adiantou a directora do IPIM. E sobre que versam esses acordos? “Recebemos  mais de 510 projectos, de Hong Kong, da China, do Japão, e dos Estados Unidos. Em relação aos sectores, vão da protecção do ambiente, construção verde, sistemas de iluminação, energias renováveis ou técnicas para tratamento de resíduos”, exemplificou.

Raymond Tam Vai Man, director da Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental (DSPA) referiu que este é um evento que “tem advogado o conceito ‘Pensar Verde, Ambiente Limpo, Viver Bem’, tornando-se gradualmente numa exposição da indústria ambiental eficiente a nível internacional”. Em nome da cooperação regional em matéria de ecologia, poluição atmosférica e recursos hídricos, o responsável salientou que “Macau vai continuar a servir de plataforma de cooperação e intercâmbio entre empresários da indústria ambiental da Região do Grande Delta do Rio das Pérolas e, especialmente, com os da União Europeia, assim como entre empresários chineses e dos países da língua portuguesa”.

No que se refere à gestão de resíduos sólidos – um dos problemas mais prementes que o território enfrenta –Raymond Tam fez notar que “o Governo pretende acelerar o processo de elaboração do ‘Planeamento de Gestão de Resíduos Sólidos de Macau’, visando responder à questão crescente de resíduos que Macau está a enfrentar, servindo de alicerces essenciais para construir uma cidade verde de baixo carbono”.

Em declarações aos jornalistas, também Irene Lau se centrou nos desperdícios: “Este ano prestamos mais atenção à gestão dos resíduos. Macau tem tido muitos desperdícios dos hotéis, desperdícios de comida. Sabemos que estamos a desenvolver Macau, temos novos aterros a chegar, por isso estamos focados em materiais de construção verdes, uma das secções do seminário. Isto é o que precisamos em Macau”.

Uma necessidade que a directora do IPIM estende à região circundante: “Eu acredito que a mesma necessidade existe para a área do Delta do Rio das Pérolas. Estamos próximos destas nove províncias, vamos tentar perceber o que elas precisam e tentar obter a tecnologia e o conhecimento da Europa, Estados Unidos ou dos países de língua portuguesa”.

E dos países lusófonos, quantas entidades e empresas são esperadas? “Cerca de cinquenta e tal, segundo números da semana passada. De Portugal, vêm 30, 32. O número actualizado teremos quando o evento acontecer. Mas teremos mais este ano do que no ano passado”, salientou Irene Lau. O evento terá lugar no Venetian, com os expositores a ocupar uma área de 16.900 metros quadrados.

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - ANÚNCIOS CLASSIFICADOS - DIRETÓRIO DE EMPRESAS

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account