O número de hóspedes no país aumentou 14,9% no terceiro trimestre deste ano, face ao trimestre homólogo de 2014. No mesmo período, as dormidas cresceram igual percentagem. Os dados constam do mais recente relatório do Instituto Nacional de Estatísticas.

 

O Reino Unido foi o principal país de proveniência de turistas. Os turistas ingleses foram também os que permaneceram mais tempo em Cabo Verde, com uma estadia média de 9,6 noites. A ilha da Boa Vista representa cerca de 46,3% das dormidas nos estabelecimentos hoteleiros. Já a ilha do Sal teve maior acolhimento, com 40,3% do total das entradas, seguida da Boa Vista, com 36,7% e Santiago com 11,9%.

No período de Janeiro a Setembro de 2015, os estabelecimentos hoteleiros registaram 408.842 hóspedes e cerca de 2,7 milhões de dormidas, movimentos que se traduzem em acréscimos de 5,8% e 7,1%, respectivamente, em relação ao mesmo período do ano passado.

Em concreto, no terceiro trimestre de 2015, a hotelaria alojou 129.954 hóspedes que originaram 908.506 dormidas. Em termos absolutos, no terceiro trimestre de 2015 entraram nos estabelecimentos hoteleiros mais 16.808 turistas e, que originaram mais 117.560 dormidas do que no trimestre homólogo.

Os hotéis continuam a ser os estabelecimentos hoteleiros mais procurados, representando 88,2% do total das entradas. Seguem-se as residenciais, com cerca de 4,1%, as pensões com 3,2% e os aldeamentos turísticos com 2,3%.

 

 

PUBLICAÇÃO/EXPRESSO

 

 

Recomendar0 RecomendaçõesCategorias: CABO VERDE, CV | Turismo

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - EMPREGO - DIRETÓRIO DE EMPRESAS - IMOBILIÁRIO - FÓRUM

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando
Translate »
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Criar Conta