Lucinda Canelas Ler o inventário feito por D. Fernando II descoberto no Palácio da Pena é como conversar com ele e descobrir um rei culto fascinado por outro rei. O príncipe de Saxe-Coburgo-Gotha foi um homem de sorte porque “viveu dois grandes amores”, diz Hugo Xavier, conservador do Palácio da Pena, em Sintra, casa para sempre ligada a D. Fernando…

Entrar em SOMOSFONIA para prosseguir, ou faça um registo GRÁTIS num instante.
Após o registo talvez necessite voltar atrás para regressar a esta página.
ENTRAR ou REGISTRAR

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - DIRETÓRIO DE EMPRESAS

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando
Translate »
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Crie a sua conta