Exposição de pintura lusófona

A promoção e a divulgação dos trabalhos de artistas lusófonos é o objetivo de uma nova galeria de arte, hoje inaugurada em Macau, com uma exposição que reúne mais de 40 nomes.

Exposição de pintura lusófona

A mostra “Cor Lusofonia” apresenta, no arranque da Amagao, os trabalhos de 46 artistas, incluindo cinco artistas convidados, Alexandre Marreiros, Ana Jacinto Nunes, Carlos Marreiros, Lineslab e Vítor Marreiros, e uma artista convidada especial, Raquel Gralheiro.

Com “laços únicos” à lusofonia, Macau é “a plataforma certa” para organizar “exposições e eventos artísticos exclusivos” com foco nos países de língua portuguesa e também apresentar “obras de artistas, designers e artesãos consagrados da China e, em particular, da região de Macau”, de acordo com os responsáveis.

A galeria Amagao, localizada num hotel do território, é gerida pela Galeria 57 (Macau), ativa desde 2005, e tem patentes obras dos portugueses Graça Morais, José Luís Tinoco e Maria João Franco, dos angolanos Ana Silva e Álvaro Macieira, e dos brasileiros Fátima Pena, Márcio Túlio Rezende e Reginaldo Pereira.

Os cabo-verdianos Omar Camilo e Tutu Sousa, os guineenses Sidney Cerqueira e Ismael H. Djata, o moçambicano Vovo’s, os são-tomenses Malé e Eva Tomé, e o timorense Inu Bere, entre outros, também estão representados.

FONTE > LUSA

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - EMPREGO - DIRETÓRIO DE EMPRESAS - IMOBILIÁRIO - FÓRUM

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando
Translate »
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Criar Conta