Maputo, 08 jun 2020 (Lusa) – A economia moçambicana registou um crescimento de 1,7% no primeiro trimestre deste ano, face ao período homólogo de 2019, a crescer a um nível mais elevado do que nos últimos três meses do ano passado.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique, esta economia africana registou nos primeiros três meses deste ano um crescimento de 1,7%, quando comparado com os primeiros três meses de 2019, o que revela uma ligeira aceleração face aos 1,5% registados nos últimos três meses de 2019.

Os dados disponíveis na página do INE moçambicano revelam que a expansão de janeiro a março foi alicerçada na agricultura, que cresceu 2,9%, ao passo que a atividade mineira caiu 12%.

Para o total deste ano, o Banco Mundial estima que Moçambique cresça 1,3%, sendo aliás o único país lusófono africano que escapa à previsão de crescimento negativo.

Para o conjunto dos países da África subsaariana, esta instituição financeira multilateral antevê uma recessão de 2,8%, o maior crescimento negativo de que há memória, segundo as Perspetivas Económicas Mundiais, hoje divulgadas em Washington.

MBA // LFS

FONTE > LUSA

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - DIRETÓRIO DE EMPRESAS

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando
Translate »
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Crie a sua conta