O excesso de filhos e a falta de emprego são dois problemas que se cruzam em São Tomé e Príncipe. O governo fala num “tiquetaque permanente” mas a sociedade parece pouco sensível aos apelos para reduzir a natalidade. Rita tem oito anos e vive numa aldeia pobre de Ponta Figo, perto de Neves, numa das zonas mais isoladas de São…

Entrar em SOMOSFONIA para prosseguir, ou faça um registo GRÁTIS num instante.
Após o registo talvez necessite voltar atrás para regressar a esta página.
ENTRAR ou REGISTRAR

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - DIRETÓRIO DE EMPRESAS

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando
Translate »
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Crie a sua conta