O médico português Francisco Pavão considera que Angola “fez a diferença” ao adotar com antecipação medidas de prevenção e combate à covid-19, salientando que a população está também “mais preparada” para viver com epidemias.

Entrar em SOMOSFONIA para prosseguir, ou faça um registo GRÁTIS num instante.
Após o registo talvez necessite voltar atrás para regressar a esta página.
ENTRAR ou REGISTRAR

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - DIRETÓRIO DE EMPRESAS

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando
Translate »
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Crie a sua conta