Uma exposição de André Romão intitulada “1977-1981”, com vídeo e pintura, vai ser inaugurada em Berlim a 29 de abril, no âmbito do Gallery Weekend Berlin, anunciou hoje a organização.

A exposição, que tem inauguração prevista para as 18:00 na galeria da Embaixada de Portugal em Berlim, é o primeiro projeto expositivo de uma colaboração entre a embaixada e o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), projeto da Fundação EDP.

Esta parceria entre o MAAT e a Embaixada de Portugal em Berlim visa promover a internacionalização da arte contemporânea portuguesa, nomeadamente dos artistas que integram a coleção que a Fundação EDP tem vindo a formar nos últimos 11 anos.

Intitulada “1977-1981”, a exposição do artista André Romão é composta por dois vídeos e uma pintura, sendo o primeiro de uma série de projetos anuais realizados neste espaço com curadoria do MAAT a partir de obras pertencentes à Coleção de Arte Fundação EDP.

Nesta exposição, Romão, prémio Novos Artistas Fundação EDP em 2007, justapõe dois momentos histórico-culturais ocorridos em Itália no final dos anos 1970 e início dos anos 1980: o movimento de cunho político e experimental apelidado de Indiani Metropolitani e o Grupo Memphis, coletivo pioneiro do design pós-moderno.

“A exposição explora a simultaneidade das duas dimensões destes momentos histórico-culturais ocorridos na Itália pós-modernista, tentando encontrar o fio condutor entre ambos; aquilo que têm em comum, mas também o que lhes é radical e estruturalmente diferente”, segundo uma nota divulgada pelo museu.

O objetivo desta iniciativa “passa por apresentar a Coleção da Fundação EDP em diferentes contextos, impulsionar e defender a produção artística portuguesa e aproximá-la do público, tanto nacional quanto internacional”, acrescenta.

No âmbito da Gallery Weekend Berlin, haverá ainda um evento organizado pela embaixada e pelo MAAT, onde, tal como aconteceu durante a ARCO Madrid, o novo museu apresentará a programação prevista para 2016/2017 à comunidade artística internacional.

O MAAT, em Lisboa, tem abertura marcada para os dias 04 e 05 de outubro, com a exposição “Utopia/Distopia, Parte 1: Dominique Gonzalez-Foerster”.

Situado nas margens do rio Tejo, na zona de Belém, o MAAT foi projetado pelo ateliê AL_A, liderado pela arquiteta Amanda Levete, e terá 7.000 metros quadrados disponíveis para receber exposições sobre artes visuais e multimédia, arquitetura e cidade, tecnologia e ciência, sociedade e pensamento.

 

PUBLICAÇÃO > NOTÍCIAS AO MINUTO
Recomendar0 RecomendaçõesCategorias: LUSOFONIA, LUSOFONIA | Cultura, OUTRAS REGIÕES, PORTUGAL, PT | Cultura

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - EMPREGO - DIRETÓRIO DE EMPRESAS - IMOBILIÁRIO - FÓRUM

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando
Translate »
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Criar Conta