O Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa (FESTin), sediado em Lisboa, fará a sua primeira deslocação internacional deste ano a São Tomé e Príncipe, entre 20 e 23 de setembro, disse hoje um dos organizadores do evento.

“Esta é a primeira deslocação internacional do FESTin. Iremos a São Tomé e Príncipe com uma programação de cinema para todas as idades, além de outras atividades”, declarou à Lusa Léa Teixeira, uma das organizadoras da mostra de cinema.

De acordo com a responsável, “o evento ocorrerá em dois lugares, no Centro Cultural do Brasil, onde será também a abertura do festival, e no Centro Cultural Português, onde vai ser realizado o encerramento”.

“Vamos exibir os filmes ‘Cartas de Amor são Ridículas’, da realizadora Alvarina de Souza e Silva (Brasil), ‘Espinho da Rosa’, do realizador Filipe Henriques (Guiné-Bissau/Portugal), e ‘Acalanto’, de Arturo Sabóia (Brasil)”, referiu a também jornalista Léa Teixeira.

Segundo a organizadora, serão ainda exibidos o documentário ‘Quitupo, Hoyé!’, de Chico Carneiro e Rogério Manjate (Moçambique), e “Quando os Lobos Uivam”, de João Cayatte (Portugal)”.

Além da mostra tradicional, ocorrerão sessões dedicadas ao público infantil (Mostra FESTinha, com a exibição de sete filmes), atividades de formação e uma palestra.

A programação da formação conta com duas oficinas, uma de documentário e outra de produção de eventos, dedicada especialmente a jovens.

“Está é a primeira vez que levamos as oficinas na itinerância. É isso que queremos, incentivar as pessoas para que também produzam”, afirmou.

Segundo Léa Teixeira, o realizador João Cayatte “será uma das pessoas que estarão presentes no festival e irá dar uma palestra”.

A organização do evento referiu ainda que o realizador fará “uma análise, reflexão e produção fílmica a partir da vivência de uma produção, cuja temática seja as diferenças sob a ótica dos direitos humanos”.

Todas as atividades são gratuitas e contam com apoio do Centro Cultural do Brasil, da Embaixada do Brasil, do Centro Cultural Português/Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, e da Embaixada de Portugal.

“Ainda, este ano, vamos a Milão (Itália) para participar no ‘Festival Agenda Brasil’ e, posteriormente, vamos a Fortaleza (Brasil)”, afirmou Léa Teixeira.

A mostra de cinema esteve em itinerância por Timor-Leste, Guiné-Bissau e Óbidos em 2015.

A 7ª edição do FESTin em Lisboa decorreu entre 04 e 11 de maio, contando com a exibição cerca de 80 filmes de países lusófonos. Para além do cartaz de cinema, o festival incluiu ainda a realização de duas mesas-redondas e de uma oficina de dois dias dedicada às temáticas do cinema, turismo, educação e comunicação comunitária.

De acordo com a organização, o FESTin tem como missão “a difusão e o desenvolvimento do cinema nos países de língua portuguesa, reconhecendo o estado assimétrico da arte em cada um deles, porém valorizando as origens históricas e culturais dos países, além do fortalecimento e ampliação dos vínculos existentes”.

Em 2017, o FESTin terá a sua 8.ª edição em Lisboa, entre 01 e 08 de março, estando com as inscrições abertas para as participações até 15 de novembro. O tema do evento será ‘As Mulheres no Cinema’.

 

PUBLICAÇÃO > NOTÍCIAS AO MINUTO

0 Comentários

Envie uma Resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - ANÚNCIOS CLASSIFICADOS - DIRETÓRIO DE EMPRESAS

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account