As exportações de Portugal para França subiram 6,8% até abril, face a igual período de 2015, para 2.159 milhões de euros, e as importações aumentaram 7,4%, para 1.585 milhões de euros, segundo dados do INE.

Nos primeiros quatro meses do ano, o saldo da balança comercial foi positivo para Portugal em 574 milhões de euros, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Entre 2011 e 2015, as exportações de bens portugueses para França aumentaram 3,8%, para 6.047 milhões de euros, enquanto as importações de produtos franceses subiram 2,8%, totalizando 4.446 milhões de euros.

A França é o segundo maior cliente de Portugal e o seu terceiro fornecedor, enquanto Lisboa ocupa o 20.º lugar enquanto cliente de Paris e 17.º como fornecedor.

No ano passado havia 5.417 empresas portuguesas a exportar para o mercado francês, o que compara com as 4.287 que vendiam para França um ano antes.

Por grupos de produtos, os veículos e outro material de transporte lideram as exportações para o mercado francês, com um peso no total das vendas para aquele mercado de 15,1%.

As exportações de veículos e outro material de transporte atingiram os 911,8 milhões de euros no ano passado, mais 8,5% do que em 2014.

As máquinas e aparelhos (peso de 10,1%), metais comuns (9,1%) e plásticos e borrachas (7,7%) são outros dos produtos mais exportados para França.

No ano passado, as vendas de máquinas e aparelhos totalizaram 608,8 milhões de euros (subida de 8%), as de metais comuns atingiram 549,6 milhões de euros (4,9%) e as de plásticos e borracha ascenderam a 465 milhões de euros (5,8%).

Do lado das compras a Paris, os veículos e outro material de transporte (com peso de 22,8% no total das importações), as máquinas e aparelhos (13,9%) e os químicos (13,3%) lideram a lista.

Em 2015, as importações de veículos e outro material de transporte ascenderam a 1.013 milhões de euros, uma subida de 25,9% face a 2014, enquanto as compras de máquinas e aparelhos a Paris ficaram estáveis (0,6%) nos 618,5 milhões de euros.

As compras de químicos aumentaram 10,2% (para 589,9 milhões de euros).

Já as exportações de serviços de Portugal para França subiram 9,4% nos primeiros quatro meses deste ano, para 923,4 milhões de euros, e as importações avançaram 3,2%, para 392,6 milhões de euros, com um saldo da balança comercial favorável para Lisboa em 530,7 milhões de euros.

No comércio de serviços, França ocupa o 13.º lugar como cliente de Lisboa e o nono enquanto fornecedora.

O Presidente de França, François Hollande, faz, na terça-feira, uma visita a Portugal, entretanto encurtada devido ao atentado de quinta-feira, em Nice.

A vinda de Hollande a Lisboa já tinha sido anunciada, com o Presidente francês a dizer que Portugal é um “amigo” de França.

 

PUBLICAÇÃO > OBSERVADOR

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - ANÚNCIOS CLASSIFICADOS - DIRETÓRIO DE EMPRESAS

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account