A CAL – Câmara Agrícola Lusófona, é uma associação empresarial sem fins lucrativos que promove a divulgação do agronegócio em território nacional e internacional com particular ênfase nos países de língua portuguesa, nomeadamente Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

A CAL é uma plataforma que permite às organizações e às empresas estabelecerem parcerias para promover a internacionalização, a inovação e o empreendedorismo. Trata-se de uma entidade reconhecida pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, pelo Ministério da Economia, pelo Ministério da Agricultura e do Mar e pela CPLP- Comunidade de Países Língua Oficial Portuguesa.

 

A CAL é membro da Confederação Empresarial da CPLP e exerce o secretariado provisório do Mecanismo de Facilitação da Participação do Setor Privado no Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

 

“A DINAMIZAÇÃO DO AGRONEGÓCIO NA CPLP”

A realidade do sector agroalimentar, dentro dos países da CPLP, necessita dum debate sério, pragmático e construtivo por parte dos seus principais actores: empresários, líderes associativos ou financeiros e responsáveis políticos; por forma a reforçar o seu papel e sua contribuição para o desenvolvimento económico da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. É neste quadro que surge o «Agrofórum» da CPLP, o único fórum da área apoiado quer pela CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, quer pela CE-CPLP – Confederação Empresarial da CPLP. Sob o lema “dinamizar o agronegócio na CPLP”, tem como objectivo destacar as oportunidades no agronegócio nos países do espaço lusófono, motivando os agentes do sector através da demonstração do «saber de experiências feito». E construir um Mecanismo para Facilitação da Participação do Setor Privado no Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional da CPLP e na implementação da Estratégia de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade.

Neste contexto, surge a parceria com a CAL – Câmara Agrícola Lusófonae os Altos Patrocínios da Presidência da República, do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural de Portugal e do Secretariado Executivo da CPLP.

A presença de mais de 1200 empresários de todo espaço da CPLP, Ministros da Agricultura, Ministros do Comércio, Embaixadores, líderes e gestores de empresas, instituições nacionais e internacionais e grupos económicos farão deste fórum uma iniciativa única.

O agronegócio, num espaço geográfico tão vasto como da CPLP, tem necessariamente características muito variadas, nem que fosse só por causa da diversidade socio-agroclimática. De facto, coexistem realidades abrangendo todo o espectro possível de modelos de exploração, desde a agricultura familiar de subsistência, onde a prioridade é a segurança alimentar de cada família ou comunidade local, e a agricultura industrial de grande escala, visando abastecer o mercado mundial, passando por todas as cambiantes intermédias. Por outro lado, há também muito potencial de crescimento, ou através da elevação de empresas existentes a patamares superiores em termos tecnológicos, de comercialização ou de gestão, ou através da exploração sustentável de terras que, actualmente, não estão a ser aproveitadas para a agricultura.

A CPLP é, portanto, um espaço supranacional em que o agronegócio assume características muito diferentes, não só de país para país, mas de região para região. Esta diversidade mas também os pontos comuns, deve ser tidos em conta na formulação de estratégias para o desenvolvimento da nossa comunidade. Diante desta realidade, consideramos importante promover o debate sobre as possibilidades de dinamização do agronegócio dentro da CPLP. A realização deste fórum constitui, por um lado, um primeiro passo nesta perspectiva e, por outro, um estimulo quer às inter-relações dos países da CPLP, quer às interacções com outros, que olhem para Portugal como plataforma de entrada na CPLP.O sector agroalimentar é estratégico e prioritário para a CPLP, existindo muitas oportunidades de investimento e de criação de valor, que, sendo ainda pouco exploradas, merecem ser discutidas e evidenciadas. Pretendemos, assim, proporcionar, a empresários, líderes e dirigentes associativos, uma plataforma de troca de experiências, de conhecimentos, de demonstração de resultados, para chegar a soluções concretas e exequíveis. Ao mesmo tempo e tendo presente a Estratégia de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade e a existência de uma plataforma multi-actores para a sua implementação (CONSAN- CPLP), pretendemos também, dar passos sólidos na dinamização de um mecanismo de facilitação da participação do sector privado na implementação dessa Estratégia.

O 1º AGROFÓRUM DA CPLP VISA ESTIMULAR O DEBATE SOBRE AS OPORTUNIDADES DE DESENVOLVIMENTO DO AGRONEGÓCIO E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A ERRADICAÇÃO DA FOME NOS PAÍSES LUSÓFONOS.
0 Comentários

Envie uma Resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

CONTACTO

Não hesite em enviar a sua mensagem! Responderemos por email desde que possível.

Enviando

REDE SOCIAL DA LUSOFONIA | PUBLICAÇÕES DE MEMBROS - EVENTOS - ANÚNCIOS CLASSIFICADOS - DIRETÓRIO DE EMPRESAS

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account